Construction waste in Brazil: a narrative review

Authors

  • Mário Marcos Moreira da Conceição
  • Ailton Caetano Nascimento Pessoa
  • Henoque Nascimento Feitosa
  • Marília Palheta da Silva
  • Sandro Wilton Pinheiro de Almeida
  • Juciane Mendes de Queiroz
  • Waldirene Sales da Cunha
  • Jeidson Philipe Mendes da Cruz
  • Amanda Tavares Barbosa
  • Gustavo Fernandes Pinheiro
  • Yasmin Santos Costa
  • Matheus Viana Mello
  • Jameles Silva de Sousa
  • Everton Douglas Silva Pereira
  • Yan Leno Rodrigues dos Santos Souza

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv10n2-022

Keywords:

urban growth, final disposition, correlation

Abstract

The final destination or disposition given to the RS, especially in developing countries, as in Brazil, is carried out in greater proportions in an inadequate manner, which corroborates, in the case of the DRC, in serious problems of an aesthetic, environmental and public health order. The objective is to quantitatively analyze the correlation between population growth and CPR generation, in a timeframe between 2017 and 2022 in Brazil. The method applied was deductive. The research was exploratory in nature and applied. Secondary data collection was carried out from access to the free data platform of the Panorama of Solid Waste in Brazil published by the Brazilian Association of Public Cleaning Companies and Special Residues - ABRELPE. A qualitative analysis of the population growth and CPR index collected between 2017 and 2021 was performed to verify the correlation between these variables in each Region of Brazil. The five Regions of Brazil presented population growth as a strong influence factor in the rate of CPR collected in the five years of this analysis, in addition, other factors are linked to this action such as: Processing losses related to inefficiency in the working methods and disqualified labor, besides losses in stocks: associated with inadequate storage of materials, as well as excess stock. There was a tendency of increasing collection of the DRC in the five Brazilian Regions. The North Region has the lowest per capita production of the five Brazilian regions, being influenced by the low economic influence of civil construction of this period. The population growth variable has a direct influence with the CPR collected in the five regions of the country.

References

ABRELP E, Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (2008-2020). Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil. São Paulo. ABRELPE. Disponível em: https://abrelpe.org.br/panorama/.

ABREU, Carlos Donizetti; HENKES, Jairo Afonso. Uma análise sobre o tratamento de resíduos sólidos urbanos: proposta de sistema alternativo, transformando residuos só-lidos em carvão e energia. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, [S.L.], v. 8, n. 1, p. 1015, 4 abr. 2019. Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente, Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução 307, de 05 de julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, nº 136, 17 de julho de 2002. Seção 1, p. 95-96.

Chierrito-Arruda, E.; Rosa, A. L.M.; Paccola, E. A.S.; Macuch, R. S.; Grossi-Milani, R. S. (2019). Comportamento pró-ambiental e reciclagem: revisão de literatura e apontamentos para as políticas públicas. Ambiente & Sociedade, 21 (1), p.01-18.

COLOMBO, C.R.; BAZZO, W.A.Desperdício na construção civil e a questão habitacional: Um enfoque CTS. Revista Roteiro, Laçaba, 2001. Acessado em: 23/010/2023, disponível em:http://www.nepet.ufsc.br/Documentos/Construcao_Civil_com_enfoque_CTS.pdf

FONSECA, Ronald Assis; RODRIGUES, Kleber Ramon; CHARMELO, Leopoldo Concepción Loreto; LORETO, Alessandro Saraiva; VIEIRA, Athos Alves. Avaliação de atividades de risco na usina de tratamento de resíduos sólidos do Município de Manhumirim, Minas Gerais, Brasil. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, [S.L.], v. 4, n. 7, p. 77-85, 2017.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: UFRGS, 2009.

Gomes, M. F.; Pinto, W. D. S. (2015). A função socioambiental da propriedade e o desenvolvimento sustentável. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, 14 (2), 236-250.

ITO, Marcia Harumi; COLOMBO, Renata. Resíduos volumosos no município de São Paulo: gerenciamento e valorização. Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, [S.L.], v. 11, p. 1-15, 2019. FapUNIFESP (SciELO).

Klein, F. B.; Gonçalves-Dias, S. L. F.; Jayo, M. (2018). Gestão de resíduos sólidos urbanos nos municípios da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê: uma análise sobre o uso de TIC no acesso à informação governamental. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 10 (1), 140-153.

LIMA, Thayse da Silva; BARROS, José Deomar de Souza. Avaliação do gerenciamento de resíduos sólidos através do Sistema de Indicadores de Sustentabilidade Pressão-Estado-Impacto-Reposta (PEIR) no Município de Cachoeira dos Índios, Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, [S.L.], v. 6, n. 14, p. 749-765, 2019.

MATIAS-PEREIRA. J. Manual de metodologia de pesquisa científica. São Paulo: Atlas, 4. ed., 2016.

Melo, C. X.; Duarte, S. T. (2018). Análise da compostagem como técnica sustentável no gerenciamento dos resíduos sólidos. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, 5 (10), 691-710.

MICHALAKE, Audrey Elis; SILVA, Cristiane Rosa da; SILVA, Frederico Fonseca da. análise dos parâmetros físico-químicos do esgoto tratado de Curitiba (PR) - estação Belém. Ciência e Natura, [S.L.], v. 38, n. 3, p. 1560, 28 set. 2016. DOI:10.5902/2179460X22180.

OLIVEIRA, M. F. Metodologia científica: manual para a realização de pesquisas em Administração. Goiás: Catalão, 2011.

OSINI, Daniely Neckel; CARDOSO, Débora Cristina Correia; SIMIONI, Flávio José; BECEGATO, Valter Antonio; HENKES, Jairo Afonso. análise da gestão de resíduos sólidos urbanos em municípios na região serrana de Santa Catarina. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, [S.L.], v. 7, n. 4, p. 26, 12 dez. 2018.

QUEIROZ, Neucy Teixeira; VIEIRA, Eloir Trindade Vasques. Gestão de resíduos sólidos na zona urbana do Município de Varzelândia, Minas Gerais, Brasil: um olhar pela via da gestão municipal e impressões da população. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, [S.L.], v. 5, n. 9, p. 141-156, 2018. DOI: 10.21438/rbgas.050909.

PINTO, et al. Resíduos da Construção Civil: matéria prima verde a ser investigada. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 5, n. 2, p. 1339-1351, feb. 2019.

ROMANO, A. G.; MOLINOS-SENANTE. M. (2020). Fatores que afetam a ecoeficiência dos serviços de resíduos municipais nos municípios da Toscana: uma investigação empírica de diferentes modelos de gestão. Wast Management, 105 (1), 384-394.

SANTOS, F. R.; POMPEL, R. B. Logística reversa de resíduos da construção civil: uma análise de viabilidade econômica. R.Tec.FatecAM. v. 2, n. 1, p. 105-120 mar./set 2014.

SILVA, C. L., FUGII, G, M., SANTOYO, A. H. Proposta de um modelo de avaliação das ações do poder público municipal perante as políticas de gestão de resíduos sólidos urbanos no Brasil: um estudo aplicado ao município de Curitiba. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 9 (2), 276-292. DOI: 10.1590/2175-3369.009.002.

VIEIRA, C. R.; Rocha, J. H. A.; LAFAYETTI, K. P. V. (2019). Análise dos fatores de influência e diagnóstico da gestão dos resíduos da construção civil (RCC) nos canteiros de obra da cidade do Recife-PE. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 11 (1), 1-13. DOI: 10.1590/2175-3369.011.e20180176.

Published

2024-02-15

How to Cite

da Conceição, M. M. M., Pessoa , A. C. N., Feitosa, H. N., da Silva, M. P., de Almeida, S. W. P., de Queiroz, J. M., da Cunha, W. S., da Cruz, J. P. M., Barbosa , A. T., Pinheiro, G. F., Costa, Y. S., Mello, M. V., de Sousa, J. S., Pereira, E. D. S., & Souza, Y. L. R. dos S. (2024). Construction waste in Brazil: a narrative review. Brazilian Journal of Development, 10(2), e67223. https://doi.org/10.34117/bjdv10n2-022

Issue

Section

Original Papers