Tecnologias digitais e a inovação pedagógica diante do ensino remoto emergencial

Authors

  • Tatiana Rodrigues Daitx
  • Glaé Corrêa Machado
  • Andréia Mendes dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv9n5-064

Keywords:

ensino remoto, inovação pedagógica, tecnologias digitais, prática pedagógica, formação docente

Abstract

A pandemia COVID-19 impôs modificações em todos os cenários da vida humana e não foi diferente no âmbito da educação, levando ao encerramento das aulas presenciais em todo o mundo, gerando a necessidade de encontrar uma maneira de dar continuidade aos estudos, considerando o isolamento físico. Diante desse cenário as instituições de ensino foram forçadas a adotar práticas de ensino a distância, porém muito diferente de um ensino digital em rede, assim os professores e estudantes migraram para uma realidade online, exigindo uma nova modelagem, e de forma rápida tiveram que se apropriar de ferramentas tecnológicas, embora que muitos tenham feito um replanejamento de suas aulas, mas em sua maioria apenas fizeram o translado das práticas pedagógicas característico do ensino presencial naquilo que tem sido denominado por ensino remoto emergencial. O modelo adotado tem as suas limitações, sim, uma vez que em muitos casos não assumiu a necessidade de um planejamento preconizado pelo design instrucional/educacional, porém teve a mais valia de permitir a continuidade dos estudos e levar professores e estudantes a aprender a utilizar novas ferramentas como suporte ao processo de ensino e de aprendizagem. A crise pandêmica afetou a educação na medida em que a adoção do uso de tecnologias digitais da informação e comunicação se tornou fundamental na viabilidade do ensino, e as plataformas digitais passaram a ser o novo espaço e tempo da educação, esse momento histórico em que estamos vivendo nos provoca a repensar a relação entre tecnologia e educação para o mundo pós-pandemia, bem como o paradigma de que a inovação pedagógica está associada às tecnologias digitais, portanto é importante refletir sobre o que é inovação pedagógica e que esta não se resume à novidade dos aparatos tecnológicos que configuram a solução para os dilemas da escola. O uso das tecnologias na educação sempre foi pauta de estudos, debates e discussões, sua introdução de forma abrupta não apenas como suporte das aulas, mas também como substituição do contato presencial, nessas circunstâncias os docentes tiveram que se reinventar diariamente e ressignificar sua prática pedagógica, embora pouco capacitados previamente e com suporte insuficiente tendo de achar recursos tecnológicos para lidar com as incertezas do momento.

References

ALMEIDA, Evania Guedes de. et al. Ensino remoto e tecnologia: uma nova postura docente na educação pós-pandemia. CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 7., 2020, Campina Grande, PB. Anais [...]. Campina Grande, PB: Universidade Federal da Paraíba (UFPB), 2020.

BACICH, Lilian; TREVISANI, Fernando de Mello (organizadores). Ensino Híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

BARBOSA, Eduardo Fernandes; MOURA, Dácio Guimarães. Metodologias Ativas de Aprendizagem na Educação Profissional e Tecnológica. Boletim Técnico Senac, Rio de Janeiro, v. 39, n2, p-48-67, maio/ago. 2013.

DIAS-TRINDADE, Sara; CORREIA, Joana Duarte; HENRIQUES, Susana. Ensino remoto emergencial na educação básica brasileira e portuguesa: a perspectiva dos docentes. Revista Tempos e Espaços em Educação, v. 13, n. 32, p. 1-23, 2020.

DIMENSTEIN, Gilberto. Aprendiz do futuro - cidadania hoje e amanhã. São Paulo: Ática, 1997.

DUARTE, Kamille Araújo; MEDEIROS, Laiana da Silva. Desafios dos docentes: as dificuldades da mediação pedagógica no ensino remoto emergencial. CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 7., 2020, Campina Grande, PB. Anais [...]. Campina Grande, PB: Universidade Federal da Paraíba (UFPB), 2020.

FONTANA, Roseli A. C.; CRUZ, Maria Nazaré da. Psicologia e trabalho pedagógico. São Paulo, SP: Atual, 1997.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Elisa D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 24.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.

MORAN. José Manuel. Novas tecnologias e o reencantamento do mundo. Revista Tecnologia Educacional. Rio de Janeiro, v. 23, n.126, set/out. 1995. p. 24-26.

MOREIRA, José António Marques; HENRIQUES, Susana; BARROS, Daniela Melaré Vieira. Transitando de um ensino remoto emergencial para uma educação digital em rede, em tempos de pandemia. Dialogia, n. 34, p. 351-364, 2020.

OLIVEIRA, Raquel Mignoni de; CORRÊA, Ygor; MORÉS, Andréia. Ensino remoto emergencial em tempos de Covid-19: formação docente e tecnologias digitais. Revista Internacional de Formação de Professores, v. 5, p. 1-18, 2020.

OLIVEIRA, Sidmar da Silva; SILVA, Obdália Santana Ferraz; SILVA, Marcos José de Oliveira. Educar na incerteza e na urgência: implicações do ensino remoto ao fazer docente e a reinvenção da sala de aula. Interfaces Científicas-Educação, v. 10, n. 1, p. 25-40, 2020.

PEIXOTO, Joana; CARVALHO, Rose Mary Almas de. Mediação pedagógica midiatizada pelas tecnologias? Revista Teoria e Prática da Educação, v. 14, n. 1, p. 31-38, jan./abr. 2011.

PISCHETOLA, Magda. Et al. Tecnologias, pensamento sistêmico e os fundamentos da inovação pedagógica. Curitiba: CRV, 2019.

SANTO, Eniel Espírito, & DIAS-TRINDADE, Sara. Educação a Distância e Educação Remota Emergencial: aproximações e distanciamentos. In: MACHADO, Dinamara (Org.). Educação em tempos de COVID-19: reflexões e narrativas de pais e professores. 1. ed. Curitiba: Editora Dialética e Realidade, 2020. p. 141-151.

SENHORAS, Elói, Machado (organizador). Ensino Remoto e Pandemia de COVID-19 Boa Vista: Editora IOLE, 2021.

SILVEIRA, Ismar Frango. O papel da aprendizagem ativa no ensino híbrido em um mundo póspandemia: reflexões e perspectivas. Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, v. 2, n. Especial, p. 1-27, 2021.

VIEIRA, Débora. PISCHETOLA. A relação crítica entre inovação pedagógica e ensino remoto emergencial. Revista FAEBA – Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 31, n.65, p. 42-58. jan/mar. 2022.

Published

2023-05-08

How to Cite

Daitx, T. R., Machado, G. C., & dos Santos, A. M. (2023). Tecnologias digitais e a inovação pedagógica diante do ensino remoto emergencial. Brazilian Journal of Development, 9(05), 15423–15429. https://doi.org/10.34117/bjdv9n5-064

Issue

Section

Original Papers