A importância do diário de dieta no plano de tratamento em odontopediatria: revisão de literatura / The importance of the diet diary in the treatment plan in odontopediatria: literature review

Authors

  • Mariana Cisneiros Silva de Oliveira
  • Victoria Caroline da Silva
  • Lucas Lino de Oliveira
  • Ivyna Cavalcante Magalhães
  • Nadine Pinheiro Linhares
  • Sayúre de Sousa Silva
  • Eduardo da Cunha Queiroz
  • Gabriela Soares Santana
  • Karlos Eduardo Rodrigues Lima
  • Sofia Vasconcelos Carneiro

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-690

Keywords:

Dieta, Cárie Dentária, Odontopediatria

Abstract

A cárie dentária está intimamente relacionada à dieta alimentar, principalmente à ingestão de carboidratos. Uma dieta rica em sacarose, além de promover um descontrole no biofilme, descontrola as funções fisiológicas da saliva, bem como a saúde bucal por completo. Os hábitos presentes na dieta infantil constituem um fator importante para a determinação da etiologia e o desenvolvimento da cárie dentária, por isso é fundamental a orientação quanto à saúde bucal e, principalmente, ao consumo racional de açúcar, através do diário de dieta. O objetivo deste trabalho é descrever a importância do diário de dieta no plano de tratamento em Odontopediatria. O presente estudo trata-se de uma revisão narrativa de literatura que abrange o período dos últimos 10 anos. Durante o levantamento bibliográfico, utilizou-se como critério de exclusão: artigos com duplicidade; artigos que não abordaram o tema proposto. A seleção dos artigos foi produzida através da verificação da base de dados PubMed e BVS. Através do diário alimentar, os profissionais podem orientar sobre uma dieta menos cariogênica e erosiva e enfatizar a importância de uma dieta balanceada para a saúde geral e bucal. Para este fim, são de suma importância, além de uma boa higiene oral, uma dieta adequada às crianças e mudanças de atitudes dos pais sobre a alimentação infantil.

 

References

BIRAL, Adriana Manrubia et al. Cárie dentária e práticas alimentares entre crianças de creches do município de São Paulo. Revista de Nutrição, v. 26, n. 1, p. 37-48, 2013.

BONOTTO, Danielle Medeiros Veiga et al. Cárie dentária e gênero em adolescentes. Revista da Faculdade de Odontologia-UPF, v. 20, n. 2, 2015.

Carvalho TP, Maske TT, Signori C, Brauner KV, Oliveira EFD, Cenci MS. Desenvolvimento de lesões de cárie em dentina em um modelo de biofilme simplificado in vitro: um estudo piloto. Rev Odontol Unesp. 2018;47(1):40-4.

Carvalho VA, Espindula MG, Valentino TA, Turssi CP Abordagens utilizadas na avaliação do risco de cárie. RFO. 2011;16(1):105-109.

CAVALCANTE, Izabela Siqueira. Frequência de consumo de alimentos marcadores de alimentação saudável e não saudável entre crianças de 1 a 5 anos em uma população de baixa renda no Distrito Federal. 2015.

Corrêa FNP, Murikami C, Corrêa MSNP. A Erosão Dentária. In: Correa MSNP. Odontopediatria na Primeira Infância. 3º ed. São Paulo: Editora Santos; 2010. p. 255-262.

DAL GALLO FARIA, Juliana Figueiredo et al. Análise do consumo de sacarose na dieta dos pacientes em tratamento na Clínica da Faculdade de Odontologia da Ufrgs. Revista da Faculdade de Odontologia-UPF, v. 21, n. 1, 2016.

FARIAS, Maria Mercês Aquino Gouveia et al. Propriedades erosivas de sucos de frutas industrializados recomendados como suplemento alimentar para crianças. JBP, j. bras. odontopediatr. odontol. bebê, p. 111-7, 2000.

Featherstone JD. Prevention and reversal of dental caries: role of low level fluoride community. Dent Oral Epidemiol. 1999;27:31-40.

Feijó IDS, Iwasaki KMK. Cárie e dieta alimentar. Rev Uningá Review. 2014;19(3):44-50

Fernandes FRC, Martins ALCF, Mendes MFM, Corrêa MSNP. A Cárie Dentária. In: Correa MSNP. Odontopediatria na Primeira Infância. 3º ed. São Paulo: Editora Santos; 2010. p. 241-254

FERREIRA, Gabriel Caixeta; MIZAEL, Vanessa Paulino; ARAÚJO, Tatiany Gabrielle Freire. Utilização do diário alimentar no diagnóstico do consumo de sacarose em odontopediatria: revisão de literatura. Revista Da Faculdade De Odontologia-UPF, v. 23, n. 1, 2018.

FURTADO, Juliana Resende et al. Aspectos físico-químicos relacionados ao potencial erosivo de bebidas ácidas. RFO UPF, v. 15, n. 3, p. 323-328, 2010.

Guedes-Pinto AC, Bonecker M, Fernandes FRC, Mendes FM. Cárie Dentária. In: Guedes-Pinto AC. Odontopediatria. 9º edição. São Paulo: Editora Santos; 2016. p. 249-276.

GUEIROS, Luiz Alcino Monteiro; SILVA, Maria Dolores Paes da. Inquérito de cárie dentária e perfil alimentar em escolares de 6 a 12 anos de duas populações da região metropolitana do Recife. Odontol. clín.-cient, p. 201-209, 2003.

HINNIG, Patrícia de Fragas et al. Preenchimento de Registro Alimentar por escolares de 7 a 10 anos. Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr, 2010.

KRAMER, Paulo Floriani et al. Promoçäo de saúde bucal em odontopediatria: diagnóstico, prevençäo e tratamento da cárie oclusal. In: Promoçäo de saúde bucal em odontopediatria: diagnóstico, prevençäo e tratamento da cárie oclusal. 1997. p. 144-144.

Lima Júnior JALA, Gonçalves LV, Correia AA. Alimentos x cárie: a ingestão do açúcar em excesso como fator estimulante do desenvolvimento da doença. Cien Biol Saud. 2015;2(2):11-20

MAGALHÃES, Ana Carolina et al. Insights into preventive measures for dental erosion. Journal of Applied Oral Science, v. 17, n. 2, p. 75-86, 2009.

Maltz M. Cariologia AO. In: Toledo OA. Odontopediatria: fundamentos para prática clínica Premier: São Paulo; 1996. p.105-133.

Menezes MC, Horta PM, dos Santos LC, Lopes AC. Avaliação do consumo alimentar e de nutrientes no contexto da atenção primária à saúde. CERES: Nutrição & Saúde (Título não-corrente). 2011;6(3):175-90.

MORIKAVA, Francine Sumie. O que é mais importante para a prevenção de cárie em crianças: restringir o contato com alimentos cariogênicos ou estimular uma alimentação saudável?. 2015.

MURAKAMI, Christiana; CORRÊA, M. S. N. P.; RODRIGUES, C. R. M. D. Prevalência de erosão dental em crianças e adolescentes de São Paulo. UFES Rev Odontol, v. 8, n. 1, p. 4-9, 2006.

Nunes VH, Perosa GB. Cárie dentária em crianças de 5 anos: fatores sociodemográficos, lócus de controle e atitudes parentais. Ciênc da Saúde Col. 2017;22(1):191-200.

PARISOTTO, Thaís Manzano et al. A importância da prática de alimentação, higiene bucal e fatores sócio-econômicos na prevalência da cárie precoce da infância em pré-escolares de Itatiba-SP. Revista Odontológica do Brasil Central, v. 19, n. 51, 2010.

PUNITHA, V. C. et al. Role of dietary habits and diet in caries occurrence and severity among urban adolescent school children. Journal of pharmacy & bioallied sciences, v. 7, n. Suppl 1, p. S296, 2015.

Robinson C, Shore RC, Brookes SJ, Strafford S, Wood SR, Kirkham J. The chemistry of enamel caries. Critical Reviews in Oral Biology & Medicine. 2000 Oct;11(4):481-95.

SCALIONI, Flávia Almeida Ribeiro et al. Hábitos de dieta e cárie precoce da infância em crianças atendidas em faculdade de odontologia brasileira. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada, v. 12, n. 3, p. 399-404, 2012.

SCARPELLI, Ana Carolina et al. Psychometric properties of the Brazilian version of the early childhood oral health impact scale (B-ECOHIS). BMC oral health, v. 11, n. 1, p. 19, 2011.

SCHERMA, Alexandre Prado; DIAS, Ana Cláudia Gonçalves; RASLAN, Suzane. Aspectos nutricionais relacionados à prevenção de cáries na infância. Clínica e Pesquisa em Odontologia-UNITAU, v. 3, n. 1, p. 37-44, 2011.

SCHRÖDER, Maria Luiza; HERMANN, Maira Jaine; MARTINS, Adriana Hernandes. Conhecimentos, mitos e dicas sobre educação nutricional para os colaboradores de um hospital localizado na cidade de Cascavel-PR. Revista Thêma et Scientia, v. 5, n. 1, p. 160-166, 2015.

Souza LHT. Efeito do intervalo de tempo entre as exposições à sacarose na desmineralização do esmalte e na composição do biofilme dental [dissertação]. Piracicaba: Universidade Estadual de Campinas; 2012.

TINI, Giovanna Franco; LONG, Sucena Matuk. Avaliação de diários alimentares de crianças atendidas na clínica infantil de uma universidade privada de São Paulo. Odonto, v. 23, n. 45-46, p. 57-64, 2015.

Published

2020-08-31

How to Cite

Oliveira, M. C. S. de, Silva, V. C. da, Oliveira, L. L. de, Magalhães, I. C., Linhares, N. P., Silva, S. de S., Queiroz, E. da C., Santana, G. S., Lima, K. E. R., & Carneiro, S. V. (2020). A importância do diário de dieta no plano de tratamento em odontopediatria: revisão de literatura / The importance of the diet diary in the treatment plan in odontopediatria: literature review. Brazilian Journal of Development, 6(8), 63512–63521. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-690

Issue

Section

Original Papers