Situação da Tuberculose no Ceará: uma análise epidemiológica / Tuberculosis Situation in Ceará: an epidemiological analysis

Authors

  • Nayara Magda Gomes Barbosa da Costa
  • Tiago da Costa Silva Barbosa
  • Ana Raquel da Costa Silva
  • Keila da Costa Silva
  • Ana Lídia de Lira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-658

Keywords:

Saúde coletiva, Epidemiologia, Mycobacterium tuberculosis

Abstract

A tuberculose é uma doença infecciosa de caráter universal considerada como um problema de saúde pública. Conhecer a situação dessa enfermidade é de grande importância, pois a partir disso é possível estabelecer ações que visem o seu melhor controle epidemiológico. Nesse sentido, o presente estudo teve por objetivo conhecer a situação epidemiológica da tuberculose no estado do Ceará. Para isso, utilizou-se como fonte de dados os boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria de Saúde. Foram analisados os seguintes indicadores epidemiológicos: casos novos e incidência de tuberculose; proporção de cura e abandono; taxa de mortalidade e letalidade; taxa de coinfecção tuberculose-HIV; distribuição segundo sexo, faixa etária e município de ocorrência, no período de 2008 a 2018. A análise de todas as variáveis foi realizada por estatística descritiva. A tuberculose foi mais ocorrente em homens, adultos, residentes nos municípios de Fortaleza, Caucaia, Sobral e Juazeiro do Norte. Ainda há necessidade de melhorar as taxas dos indicadores avaliados. No geral, com exceção da taxa de mortalidade, os demais parâmetros avaliados estão de acordo com a tendência nacional.              

 

 

References

ANTUNES, J. L. F.; WALDMAN, E. A. Tuberculosis in the twentieth century: time-series mortality in São Paulo, Brazil, 1900-97. Cadernos Saúde Pública, v. 15, n. 3, p. 463-476, 1999. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1999000300003.

BARBOSA, D. R. M.; ALMEIDA, M. G.; MARTINS, L. M.; SILVA, T. M. G. V.; PEDROSA, J. I. S.; BARBOSA, M. M. Aspectos socioculturais da Tuberculose e diálogo compolíticas públicas em saúde no Brasil. Revista Eletrônica Gestão & Saúde. Edição Especial, pag.1857-1867, 2013. http://dx.doi.org/10.18673/gs.v1i1.22983.

BARROS, P. G.; PINTO, M. L.; SILVA, T. C.; SILVA, E. L.; FIGUEIREDO, T. M. R. M. Perfil epidemiológico dos casos de tuberculose extrapulmonar em um município do estado da Paraíba, 2001–2010. Caderno Saúde Coletiva, v. 22, n. 4, p. 343-350, 2014. http://dx.doi.org/10.1590/1414-462X201400040007.

BELO, M. T. C. T.; LUIZ, R. R.; HANSON, C.; SELIG, L.; TEIXEIRA, E. G.; CHALFOUN, T.; TRAJMAN, A. Tuberculose e gênero em um município prioritário no estado do Rio de Janeiro. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 36, n. 5, p. 621-625, 2010. https://doi.org/10.1590/S1806-37132010000500015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico de Tuberculose. Edição especial. Brasília: Ministério da Saúde, 2020. 40p. Disponível em: <http://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/marco/24/Boletim-tuberculose-2020-marcas--1-.pdf> Acesso em: 21 jul. 2020.

______. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual de recomendações para o controle da tuberculose no Brasil. Brasília: Ministério da Saúde, 2011. Disponível em: < http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_recomendacoes_controle_tuberculose_brasil.pdf> Acesso em: 21 jul. 2020.

_____. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Abordagens terapêuticas aos portadores de tuberculose e AIDS no Sistema Único de Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2010.

______. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual técnico para o controle da tuberculose: cadernos de atenção básica – 6. ed. rev. e atual. – Brasília: Ministério da Saúde, 2002. 70p. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderno_atencao_basica.pdf> Acesso em: 21 jul. 2020.

_____. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Boletim Epidemiológico Aids DST. Brasília: Ministério da Saúde, 2002. p. 29-30. Disponível em: . Acesso em: 23 jul. 2020.

CEARÁ. Secretaria da Saúde. Boletim Epidemiológico Tuberculose. Fortaleza: Secretaria da Saúde, 2019. Disponível em: <https://www.saude.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/9/2018/06/boletim_tuberculose_21_03_2019.pdf> Acesso em: 21 jul. 2020.

CHIRINOS, N. E. C.; MEIRELLES, B. H. S. Fatores associados ao abandono do tratamento da tuberculose: uma revisão integrativa. Texto & Contexto Enfermagem, v. 20, n. 3, p. 599-606, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072011000300023.

COÊLHO, D. M. M.; VIANA, R. L.; MADEIRA, C. A.; FERREIRA, L. O. C.; CAMPELO, V. Perfil epidemiológico da tuberculose no Município de Teresina-PI, no período de 1999 a 2005. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 19, n. 1, p. 33-42, 2010. http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742010000100005.

FAÇANHA, M. C. Evolução da mortalidade por Tuberculose em Fortaleza (CE), entre 1980 e 2001. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 32, n. 6, p. 553-558, 2006. http://dx.doi.org/10.1590/S1806-37132006000600013.

FERNANDES, T. S.; PEDROSA, N. S.; GARCIA, M. K. Q.; SILVA, A. M. B. F. Estigma e preconceito na atualidade: vivência dos portadores de tuberculose em oficinas de terapia ocupacional. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 30, n. 1, e300103, 2020. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-73312020300103.

FREITAS, W. M. T. M; SANTOS, C. C.; SILVA, M. M.; ROCHA, G. A. Perfil clínico-epidemiológico de pacientes portadores de tuberculose atendidos em uma unidade municipal de saúde de Belém, Estado do Pará, Brasil. Revista Pan-Amazônica de Saúde, v. 7, n. 2, p. 45-50, 2016. http://dx.doi.or/10.5123/S2176-62232016000200005.

HARLING, G.; CASTRO, M. C. Health & Place: a spatial analysis of social and economic determinants of tuberculosis in Brazil. Health Place, v. 25, p. 56-57, 2014. http://dx.doi.org/10.1016/j.healthplace.2013.10.008.

HINO, P.; CUNHA, T. N.; VILLA, T. C. S.; SANTOS, C. B. Perfil dos casos novos de tuberculose notificados em Ribeirão Preto (SP) no período de 2000 a 2006. Ciência & Saúde Coletiva, v. 16, n. 1, p. 1295-1301, 2011. https://doi.org/10.1590/S1413-81232011000700063.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Cidades e Estados. Ceará, 2010. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ce/panorama> Acesso em: 23 jul. 2020.

MONTEIRO, P. C.; GAZZETA, C. E. Aspectos epidemiológicos, clínicos e operacionais do controle da tuberculose em um Hospital Escola - 1999 a 2004. Arquivos de Ciência da Saúde, v. 14, n. 2, p. 99-106, 2007. Disponível em: <http://repositorio-racs.famerp.br/racs_ol/vol-14-2/IIDD180.pdf>. Acesso em: 23 jul. 2020.

PIRES NETO, R. J.; GADELHA, R. R. M.; HERZER, T. L.; PERES, D. A.; LEITÃO, T. M. J. S.; FAÇANHA, M. C.; HOLANDA, C. N.; GIRÃO, E. S.; NOGUEIRA, C. M. O.; ALENCAR, C. H. Características clínico-epidemiológicas de pacientes com coinfecção HIV/tuberculose acompanhados nos serviços de referência para HIV/AIDS em Fortaleza, Ceará, entre 2004 e 2008. Cadernos Saúde Coletiva, v. 20, n. 2, p. 244-249, 2012. Disponível em: < http://www.cadernos.iesc.ufrj.br/cadernos/images/csc/2012_2/artigos/csc_v20n2_244-249.pdf> Acesso em: 21 jul. 2020.

SILVEIRA, M. P. T.; ADORNO, R. F. R.; FONTANA, T. Perfil dos pacientes com tuberculose e avaliação do programanacional de controle da tuberculose em Bagé (RS). Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 33, n. 2, p. 199-205, 2007. https://doi.org/10.1590/S1806-37132007000200015.

SOUSA, M. G. G.; ANDRADE, J. R. S.; DANTAS, C. F.; CARDOSO, M. D. Investigação de óbitos por tuberculose, ocorridos na Região Metropolitana do Recife (PE), registrados no Sistema de Informação de Mortalidade, entre 2001 e 2008. Cadernos Saúde Coletiva, v. 20, n. 2, p. 153-160, 2012. Disponível em: <http://www.cadernos.iesc.ufrj.br/cadernos/images/csc/2012_2/artigos/csc_v20n2_153-160.pdf>. Acesso em: 24 jul. 2020.

SOUZA, C. D. F.; PAIVA, J. P. S.; SILVA, L. F.; LEAL, T. C.; MAGALHÃES, M. A. F. M. Tendência da mortalidade por tuberculose no Brasil (1990-2015): análise por pontos de inflexão. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 45, n. 2, e20180393, 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1806-3713/e20180393.

TAVARES, C. M.; CUNHA, A. M. S.; GOMES, N. M. C.; LIMA, A. B. A.; SANTOS, I. M. R.; ACÁCIO, M. S.; SANTOS, D. M.; SOUZA, C. D. F. Tendência e caracterização epidemiológica da Tuberculose em Alagoas, 2007-2016. Cadernos Saúde Coletiva, v. 28, n. 1, p. 107-115, 2020. https://doi.org/10.1590/1414-462x202028010381.

THEME FILHA, M. M.; DAUMAS, R. P.; ALVES, L. C.; LEIMANN, B. C. Q.; ENGSTROM, E. M. Análise da tuberculose em uma unidade de Atenção Primária a Saúde na cidade do Rio de Janeiro: perfil clínico, resultado de tratamento e qualidade dos registros. Cadernos Saúde Coletiva, v. 20, n. 2, p. 169-176, 2012. Disponível em: <http://www.cadernos.iesc.ufrj.br/cadernos/images/csc/2012_2/artigos/csc_v20n2_169-176.pdf>. Acesso em: 24 jul. 2020.

VITAL JÚNIOR, A. C.; GUEDES, D. R. S.; SOUZA, M. S.; MACEDO, C. A.; MEDEIROS, R. O.; ALVES, H. B.; DINIZ NETO, H.; SILVA, D. F. Avaliação do perfil epidemiológico da tuberculose e a sua coinfecção TBHIV nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 1, p.441-456, 2020. https://doi.org./10.34117/bjdv6n1-030.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Global Tuberculosis Report 2019. Geneva: WHO; 2019. Disponível em: < https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/329368/9789241565714-eng.pdf?ua=1> Acesso em: 21 jul. 2020.

_______. Global Tuberculosis Report 2018. Geneva: WHO; 2018. Disponível em: <http://www.who.int/iris/handle/10665/274453> Acesso em: 23 jul. 2020.

_______. Global tuberculosis control - surveillance, planning, financing. Geneva: WHO; 2006. Disponível em: <http://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/144567/9241563141_eng.pdf;jsessionid=DCD9AFE34570A4E7782374462FC8C35B?sequence=1> Acesso em: 30 jul. 2020.

Published

2020-08-28

How to Cite

da Costa, N. M. G. B., Silva Barbosa, T. da C., da Costa Silva, A. R., Costa Silva, K. da, & Lira da Silva, A. L. de. (2020). Situação da Tuberculose no Ceará: uma análise epidemiológica / Tuberculosis Situation in Ceará: an epidemiological analysis. Brazilian Journal of Development, 6(8), 63049–63058. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-658

Issue

Section

Original Papers