Incidência de sífilis adquirida no município de São João del Rei-MG no período de 2015 a 2018 / Acquired syphilis incidence in São João del Rei-MG from 2015 to 2018

Authors

  • Raíssa Neves Fagundes
  • Larissa Morais Souza
  • Ana Cristina Heleno Silva Paivo

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-336

Keywords:

Sífilis, Sífilis adquirida, Epidemiologia, Incidência, Fatores de risco.

Abstract

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível e que ainda se configura como um grave problema de saúde pública.  Segundo a Organização Mundial da Saúde, anualmente ocorrem cerca de 12 milhões de novos casos de sífilis na população adulta em todo mundo, a maior parte em países em desenvolvimento incluindo o Brasil. Uma análise dos fatores associados ao aumento dos casos de infecção de sífilis é essencial para a implementação de políticas específicas. Dentro desse contexto o projeto teve como objetivo investigar a incidência e os fatores associados à infecção de sífilis em pacientes registrados no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do município de São João del Rei, Minas Gerais, Brasil, nos anos de 2015, 2016 e 2017. Metodologia: Trata-se de um estudo de corte transversal com dados do Sistema de Informação do CTA, no período de 2015 a 2018. Foram realizadas análises descritivas das características sócio-demográficas e clínico-comportamentais dos casos positivos para sífilis nesse período. Resultados: No período estudado a incidência de sífilis no município de São João del Rei foi de 1,4 casos para mil habitantes em 2015 para 3,3 casos para mil habitantes em 2018. A incidência anual da sífilis adquirida apresentou uma tendência crescente, entre 2015 e 2018, tendo um aumento de 564% de novos casos nos últimos 4 anos. A relação sexual e o não uso de preservativo se mostraram como principais formas de exposição. Conclusões: A incidência à sífilis teve um aumento progressivo nos últimos 4 anos município de São João del Rei. O não uso de preservativo entre parceiros fixos ou eventuais é uma das principais causas de contágio no município.  Esses achados sinalizam para a necessidade de medidas de prevenção da infecção da sífilis no município estudado.

References

AMANCIO, V. C. et al. Epidemiologia de sífilis congênita no Estado de Goiás. Revista Educação e Saúde., v. 4, n. 2, p. 58-63, 2016.

ANTONIOLLI, M. A.; SANAGIOTTO, L. A. Sífilis adquirida entre pacientes atendidos na rede básica de saúde no município de Chapecó-SC. 6º Congresso internacional em saúde. Disponível em: https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/conintsau/article/view/10981. Acessado em 02 de maio de 2020.

ARAUJO, L. C. et al. Incidência da sífilis congênita no Brasil e sua relação com a Estratégia Saúde da Família. Revista de Saúde Pública, v. 46, n. 3, 2012.

AVELLEIRA, J. C. R.; BOTTINO, G. Sífilis: diagnóstico, tratamento e controle. Anais Brasileiro de Dermatologia, v. 81, n. 2, p. 111-126, 2006.

FREITAS, Grazielle Miranda. Notificação da sífilis adquirida em uma superintendência regional de saúde do sul de Minas Gerais. 2018. 167 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem). Universidade Ferderal de Alfenas. Alfenas, 2018.

LEFETA, K. R. G. et al. Sífilis materna e congênita, subnotificação e difícil controle. Rev. bras. Epidemiol., v.19, n.1, p.63-74, 2016.

LINO, Carolina Matteussi. Sífilis adquirida, em gestante e congênita: perfil epidemiológico em um município de médio porte do estado de São Paulo. 2019. 62 f. Dissertação (Mestrado em odontologia). Universidade Estadual de Campinas. Piracicaba, 2019.

LUPPI, C. G. et al. Fatores associados à coinfecção por HIV em casos de sífilis adquirida notificados em um Centro de Referência de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids no município de São Paulo, 2014. Revista Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, v. 27, n. 1, p. 1-12, 2018.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Boletim Epidemiológico da Sifílis, out. 2018. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/outubro/30/Boletim-S--filis-2019-internet.pdf. Acesso em 10 de abril de 2020.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. SINAN- O Sistema de Informação de Agravos de Notificação / Ministério da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2016b. Disponível em www.portalsinan.gov.br/o-sinan. Acesso em: 31 fev. 2020.

MIRANDA, A. E.; CARVALHO, M. F.; LARA, L. T. R.; MOHERDAUI, F.; BARREIRA, D. Prevalência de infecção pelo HIV, sífilis, hepatites em homens com sinais e sintomas de DST. Jornal brasileiro de doenças sexualmente transmissíveis, v. 8, n. 1, p.18-22, 2006.

MONTEIRO, M. O. P. et al. Fatores associados à ocorrência de sífilis em adolescentes do sexo masculino, feminino e gestantes de um Centro de Referência Municipal/CRM - DST/HIV/ AIDS de Feira de Santana, Bahia. Revista Adolescência & Saúde, Rio de Janeiro, v. 12, n. 3, p. 21-32,2015.

NONATO, S. L.; MELO, A. P. S.; GUIMARAES, M. D. C. Syphilis in pregnancy and factors associated with congenital syphilis in Belo Horizonte-MG, Brazil, 2010-2013. Epidemiol. Serv. Saúde , v.24, n.4, p.681-694, 2015.

SILVEIRA, S. J. S.; SILVA, J. Q. D.; DAMIANI, R. F. Análise dos casos de sífilis adquirida nos anos de 2010-2017: um contexto nacional e regional. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 5, p. 32496-32515, may. 2020.

SOARES, E. S.; CARVALHO, E. M.; LIMA, K. T. L. L. Incidência de sífilis adquirida em uma cidade da microrregião do sudoeste baiano. Brazilian Journal of Clinical Analyses, v.51, n. 2, p. 115-19, 2019.

SOUZA, AP. Coinfecção HIV e sífilis: prevalência e fatores de risco. 2015. 90 f. Tese (Mestrado em Saúde Pública). Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, 2019.

TIAGO, Z. S.; PICOLI, R. P.; GRAEFF, S. VB.; ARANTES, R.Subnotificação de sífilis entre povos indígenas em Mato Grosso do Sul. Epidemiol. Serv. Saude, Brasília, v. 26, n. 3, p. 503-512, jul-set 2017.

Published

2020-08-19

How to Cite

Fagundes, R. N., Souza, L. M., & Paivo, A. C. H. S. (2020). Incidência de sífilis adquirida no município de São João del Rei-MG no período de 2015 a 2018 / Acquired syphilis incidence in São João del Rei-MG from 2015 to 2018. Brazilian Journal of Development, 6(8), 58834–58842. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-336

Issue

Section

Original Papers