A universidade para quem tem mais de 50 anos: um estudo de caso em uma IES do meio oeste de Santa Catarina, Brasil / The university for those who have more than 50 years: a case study in a west in the middle EAST of Santa Catarina, Brazil

Authors

  • Juciele Marta Baldissarelli
  • Adelcio Machado dos Santos
  • Monica França dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-287

Keywords:

conhecimento, ensino superior, graduação, inclusão, maturidade.

Abstract

Nos últimos anos, tem sido observado um aumento da população idosa em relação às demais, bem como uma maior longevidade e expectativa de vida dessas pessoas. Com isso, atualmente se percebe uma presença cada vez crescente desse público nos mais diversos meios da sociedade, dentre os quais destaca-se o acadêmico, no qual tem sido considerável a inserção de pessoas com idade superior a 50 anos. Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa foi verificar quais foram os motivos que levaram as pessoas com mais de 50 anos a ingressarem no ensino superior. Para isso, este estudo, de natureza quantitativa, do tipo descritiva e survey, teve como amostra 20 alunos dos cursos de administração, direito, psicologia, agronomia, engenharia elétrica e serviço social de uma Universidade situada no meio oeste do Estado de Santa Catarina, no Brasil. Os resultados obtidos indicaram que a maioria dos entrevistados retornou à universidade em busca de novos conhecimentos, para realizar um antigo sonho, aperfeiçoar-se profissionalmente, para manter-se ativo após a aposentaria e para se reinventar na profissão. Conclui-se que são necessários estudos complementares, no sentido de fazer com que esta inserção ocorra devidamente por meio da Instituição de Ensino Superior, já que tem sido crescente a demanda dessa população no meio acadêmico, e com isso se requer adaptações para melhor atendê-la.

References

ALVES, L. C.; LEITE, I. C.; MACHADO, C. J. Conceituando e mensurando a incapacidade funcional: uma revisão de literatura. Ciência & Saúde Coletiva, [Rio de Janeiro], v. 13, n. 4, p. 1.199-1.207, jul./ago. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csc/v13n4/16.pdf>. Acesso em: 29 jul. 2020.

CARVALHO, J. A. et al. Andragogia: considerações sobre a aprendizagem do adulto. Ensino, saúde e ambiente, v. 3, n. 1, p. 78-90, abr. 2010. Disponível em: <http://periodicos.uff.br/ensinosaudeambiente/article/view/21105/12579%3e.%20acesso%20em:%2007%20abr.%202019>. Acesso em: 7 abr. 2019.

DE MARCO, A. Crescimento e desenvolvimento infantil. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, [São Paulo], v. 9, n. 1 (supl. 1), p. 18-20, 2010. Disponível em: <http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/viewFile/2831/2507>. Acesso em: 29 jul. 2020.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GODOY, A. S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas, v. 35, n. 2, p. 57-63, mar./abr. 1995.

GUERRA, A. C. L. C.; CALDAS, C. P. Dificuldades e recompensas no processo de envelhecimento: a percepção do sujeito idoso. Ciência & Saúde Coletiva, [Rio de Janeiro], v. 15, n. 6, p. 2.931-2.940, 2010. Disponível em: <https://www.scielosp.org/pdf/csc/2010.v15n6/2931-2940/pt>. Acesso em: 29 jul. 2020.

INFANTE, A. Envelhecimento da população poderá gerar crise. BBC Brasil, Madri, 11 abr. 2002. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2002/020411_anelisecg.shtml>. Acesso em: 29 jul. 2020.

LEMOS, V. Volta às aulas aos 90 anos: os idosos que decidiram ir à faculdade. Uol, Educação, Cuiabá, 2 jan. 2019. Disponível em: <https://educacao.uol.com.br/noticias/bbc/2019/01/02/volta-as-aulas-aos-90-anos-os-idosos-que-decidiram-ir-a-faculdade.htm>. Acesso em: 16 jun. 2019.

MATURIDADE ganha espaço na graduação. UNIARP, [S.l.], 27 fev. 2019. Disponível em: <https://www.uniarp.edu.br/home/maturidade-graducao-uniarp/>. Acesso em: 29 jul. 2020.

NEVES, J. L. Pesquisa qualitativa – características, uso e possibilidades. Caderno de pesquisas em administração, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 1-5, 1996.

O SÉCULO da terceira idade. São Paulo: SESC, 2003. 212 p.

OLIVEIRA, A. L. Quem são e como são eles? O caso dos adultos no ensino superior. Revista Portuguesa de Pedagogia, Coimbra, v. 41, n. 3, p. 43-76, 2007. Disponível em: . Acesso em: 7 abr. 2019.

OLIVEIRA, R. C. S. Terceira Idade: do repensar dos limites aos sonhos possíveis. Campinas: Papirus, 1999.

______. A educação na terceira idade: conhecimentos a partir da análise das produções (2003-2013). In: SEMINÁRIO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO, XIII., 2-4 dez. 2015, Maringá. Anais eletrônicos... Maringá: UEM, 2015. 20 p. Disponível em: <http://www.ppe.uem.br/publicacoes/seminario_ppe_2015/trabalhos/co_04/96.pdf>. Acesso em: 7 abr. 2019.

PERISSÉ, G. Cultura: Andragogia. Correio da Cidadania, Cultura, [São Caetano do Sul, 20--]. Disponível em: <http://www.correiocidadania.com.br/antigo/ed340/cultura.htm>. Acesso em: 8 abr. 2019.

RONCATO, M. et al. Correlação da força e composição corporal com a capacidade funcional em mulheres idosas. Revista Brasileira de Ciência & Movimento, [Taguatinga], v. 22, n. 1, p. 122-130, 2014. Disponível em: <https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/4338/3074>. Acesso em: 29 jul. 2020.

SANTOS, E. P. Envelhecimento social. In: SANTOS, E. P.; MARTELLI, M.; SILVA, O. A. (Org.). Envelhecimento e Cidadania. Jundiaí: In House, 2014. p. 25-40.

SILVA, E. C. A.; SILVA, G. B. F.; SILVA, T. B. F. Atividade física e capacidade funcional: relação necessária para um envelhecimento saudável. Corpo, Movimento e Saúde, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 35-54, [jan./jun. 2012]. Disponível em: <http://revistas.unijorge.edu.br/corpomovimentosaude/pdf/artigo2012_1_artigo35_54.pdf>. Acesso em: 29 jul. 2020.

TEODORO, A. Educação superior e inclusão, tendências e desafios no século XXI. Revista Temas em Educação, João Pessoa, v. 22, n. 2, p. 225-238, jul.-dez. 2013. Disponível em: <https://periodicos.ufpb.br/index.php/rteo/article/view/17785/10149>. Acesso em: 7 abr. 2019.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 3. ed. Rio de Janeiro: Atlas, 2000.

Published

2020-08-17

How to Cite

Baldissarelli, J. M., Santos, A. M. dos, & Santos, M. F. dos. (2020). A universidade para quem tem mais de 50 anos: um estudo de caso em uma IES do meio oeste de Santa Catarina, Brasil / The university for those who have more than 50 years: a case study in a west in the middle EAST of Santa Catarina, Brazil. Brazilian Journal of Development, 6(8), 58167–58179. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-287

Issue

Section

Original Papers