Requalificação de espaços ribeirinhos: Uma abordagem sensível às águas no riacho Parnamirim - Recife / PE / Rehabilitation of riverside spaces: A sensitive approach to waters in the stream Parnamirim - Recife / PE

Authors

  • Poliana de Carvalho Muniz Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Fabiano Rocha Diniz
  • Anna Karina Borges de Alencar

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-257

Keywords:

riachos urbanos, espaços públicos ribeirinhos, desenho urbano sensível à água.

Abstract

A degradação das águas avança nas cidades, ameaçando recursos e impactando sobre a qualidade dos espaços e estruturas urbanas. Diante da incerteza trazida pelas mudanças climáticas, a mudança de posturas de enfrentamento dessas questões é urgente. Entre as cidades mais vulneráveis aos efeitos dessas mudanças no mundo, o Recife traz em seu território um rol de problemas próprios de cidades criadas e consolidadas numa postura de “doma” das águas. Hoje artificializados e poluídos, os riachos urbanos provocam aversão e medo, repelindo a aproximação dos citadinos. A transformação desse quadro exige rever o modo de pensar e intervir sobre esses cursos d’água e seus espaços ribeirinhos. O artigo apresenta resultados de um trabalho de conclusão do Curso de Arquitetura e Urbanismo e tem por objetivo apontar diretrizes para requalificação do riacho Parnamirim segundo preceitos de Water Sensitive Urban Design (WSUD). Esta pesquisa se baseou no método dialético, enquanto investigação da realidade. Buscando-se o entendimento do ecossistema urbano a partir das relações entre ser humano e natureza (entre a cidade e as águas), considerando as complexas interações existente entre ambos, o que permite emergir novas contradições a partir daquelas estudadas, as quais passam a requerer soluções. O trabalho aponta caminhos para a mudança no planejamento, intervenção e gestão para requalificação de riachos urbanos. Evidencia a importância da integração entre diferentes profissionais e setores da administração pública, e da participação popular. Reconhece que a diversidade pode resultar em ideias criativas e eficientes para problemas urbanos mais amplos, criando espaços públicos convidativos. Destaca o papel do arquiteto urbanista como agente social e facilitador de mudanças no ambiente construído. Revela o descompasso no acesso a políticas públicas e espaços de qualidade que configura os territórios hidrossociais do Recife.

 

References

BRAGA, Ricardo; CABRAL, Jaime; OLIVEIRA, Pedro; SOARES, Marcelo; GUSMÃO, Paulo. Informações hidráulicas e hidrológicas para renaturalização do riacho Parnamirim. XVIII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, Campo Grande, 2009.

BROWN, R., KEATH, N., WONG, T. Urban water management in cities: historical, current and future Regimes. Water Science Technology, v. 59(5), p. 847–855, 2009.

CARVALHO, A., ROCHA, G. Análise dos Riscos e da Vulnerabilidade Socioambiental Urbana, face ao Desenvolvimento Desordenado e a Pressão aos Recursos Hídricos em Belém –PA. Brazilian Journal of Development, v. 6, p. 18127-18142.

COAG - Council of Australian Governments. Intergovernamental agreement on a national water initiative. Disponível em: http://www.agriculture.gov.au/ SiteCollectionDocuments/water/Intergovernmental-Agreement-on-a-national-water -initiative.pdf. Acesso em: 04 out. 2018.

FLETCHER, T., SHUSTER, W., HUNT, W., ASHLEY, R., BUTLER, D., ARTHUR, S., TROWSDALE, S., BARRAUD, S., SEMADENI-DAVIES, A., BERTRAND-KRAJEWSKI, J., MIKKELSEN, S., RIVARD, G., UHL, M., DAGENAIS, D., VIKLANDER, M. SUDS, LID, BMPs, WSUD and more – The evolution and application of terminology surrounding urban drainage. Urban Water Journal, 12:7, 525-542, In: http://dx.doi.org/10.1080/1573062X. 2014.916314, Acesso em: 28 abr. 2018.

JACOB, Ana. BMP, LID, SUDS, WSUD e Infraestrutura Verde – Práticas que revolucionam a drenagem urbana. 2015. Disponível em: https://swmm5. org/2015/11/20/bmp-lid-suds-wsud-e-infraestrutura-verde-praticas-que-revolucionam-a-drenagem-urbana/. Acesso em: 18 out. 2018.

LYNCH, Kevin. A imagem da cidade. São Paulo: Martins Fontes, 1982.

POMPÊO, C A. Drenagem urbana sustentável. Revista Brasileira de Recursos Hídricos. Porto Alegre, v. 5, n. 1, jan/mar 2000, 15-23.

PREUSS, Simone. A revitalização de riachos urbanos na busca de cidades sustentáveis: o caso do riacho Parnamirim em Recife – PE. Dissertação de mestrado (Pós-graduação em Engenharia Civil) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2013.

RECIFE. PREFEITURA DA CIDADE DO RECIFE. Plano diretor de Drenagem do Recife, 2014

RECIFE. PREFEITURA DA CIDADE DO RECIFE. Plano Urbanístico e de Resgate Ambiental do rio Capibaribe, Inciti, no prelo.

RECIFE. PREFEITURA DA CIDADE DO RECIFE. Atlas ambiental da cidade do Recife. Prefeitura do Recife/Secretaria de Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente, 2000.

SÁ CARNEIRO, Ana Rita; DUARTE, Mirela; MARQUES, Eliabi Antas. A conservação da paisagem na perspectiva de um sistema de espaços livres públicos do Recife. Revista paisagem e ambiente, n. 28. 2009.

SOUZA, Christopher; CRUZ, Marcus Aurélio; TUCCI, Carlos Eduardo. Desenvolvimento urbano de baixo impacto: planejamento e Tecnologias Verdes para a Sustentabilidade das Águas Urbanas. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, Rio Grande do Sul, v. 17, n. 2, p. 9-18, abr. 2012.

UN-IPCC. Intergovernmental Panel on Climate Change, Forth Assessment Report. United Nations, 2007. Disponível em: http://www.ipcc.ch/report/ar4/. Acesso em: 14 out. 2018.

VIEIRA, Felipe. Cheia de 1975 no Recife: uma tragédia em busca de memória. 2015. Disponível em: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/ geral/noticia/2015/04/25/cheia-de-1975-no-recife---uma-tragedia-em-busca-de-memoria-178266.php. Acesso em: 14 out. 2018.

WONG, T., BROWN, R. The water sensitive city: principles for practice. Water science and technology, v. 60. P. 673- 682, 2009.

Published

2020-08-17

How to Cite

Muniz, P. de C., Diniz, F. R., & de Alencar, A. K. B. (2020). Requalificação de espaços ribeirinhos: Uma abordagem sensível às águas no riacho Parnamirim - Recife / PE / Rehabilitation of riverside spaces: A sensitive approach to waters in the stream Parnamirim - Recife / PE. Brazilian Journal of Development, 6(8), 57780–57798. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-257

Issue

Section

Original Papers