Análise comparativa das estratégias utilizadas no aprendizado de anatomia animal / Comparative analysis of the strategies used in learning animal anatomy

Authors

  • Gabriel Lima Cunha
  • Fabíola Pereira Firmino
  • Diego Ruan Souza Silva
  • Jonas Eduardo Machado Maciel
  • Edson Francisco do Espírito Santo
  • Alexandre Navarro Alves de Souza

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-153

Keywords:

anatomia animal, medicina veterinária, métodos de aprendizagem, modelo anatômico artificial, peça anatômica.

Abstract

Atualmente utilizam-se diferentes métodos de aprendizagem na disciplina de anatomia nos cursos de medicina veterinária, entre eles podem ser citados o uso de peças anatômicas de animais, modelos anatômicos de silicone e o ambiente digital. O objetivo desse artigo foi analisar a eficácia destes métodos por meio de questionários e provas realizadas com discentes de três diferentes instituições (X, Y, Z) que utilizam tais metodologias. Dessa forma, efetuou-se a aplicação de prova (máximo 9 pontos) para identificação do nível de aprendizado, questionário para identificação da satisfação quanto ao método utilizado, e questionário de avaliação de modelo com peça de cadáver, artificial e digital. Como resultado da prova de nível de conhecimento, os melhores resultados foram na instituição Y, que usa peças anatômicas de cadáveres de animais, a qual obteve média de 5,7, seguida da Y, com média de 3,57, que utiliza somente modelos artificiais, e por fim a X, com média 2,55, que utiliza os métodos em conjunto. No questionário de satisfação do discente, com relação à metodologia aplicada em sua instituição, não houve diferença estatística. Na qualificação dos modelos, através do questionário, o de maior pontuação foi o modelo anatômico digital com média de 7,8, o qual obteve diferença estatística em relação aos demais, cuja nota foi de 7,2. A importância desse estudo é voltada à compreensão do conteúdo ministrado na disciplina de anatomia aos acadêmicos e à forma como ele é transmitido, pois apesar da satisfação do aluno ser maior com o modelo digital, o método que mais gerou aprendizado, conforme a análise avaliativa, foi o uso exclusivo de peças anatômicas.

References

FILHO, M.; FERREIRA, E. Métodos alternativos no ensino da técnica cirúrgica veterinária. 2015. 101 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal, 2015.

FORTUNATO, J. G. S.; FURTADO, M. S.; HIRABAE, L. F. A.; OLIVEIRA, J. A. Escalas de dor no paciente crítico: uma revisão integrativa. Brazilian Journal of Health and Biomedical Sciences, v. 12, n. 3, 2013.

LIMA, F. T.; STURN, R. M.; RIBEIRO, A. R. B. Uso de animais no ensino da medicina Veterinária: métodos substitutivos. Revista Nucleus, v. 15, n. 2, 2018.

MARCHIORI, N. M.; CARNEIRO, R. W. Metodologias ativas no processo de ensino-aprendizagem de anatomia e neuroanatomia. Revista Faculdades do Saber, v. 3, n. 5, 2018.

MATERA, J. M. Nível de aprendizado nos métodos substitutivos ao uso de animais no ensino. REVISTA CFMV, Brasília, v. 15, n. 46, p. 64-68, 2009.

MEYER, A. R. Comparação do aprendizado de drenagem de tórax entre modelos cadavérico, manequim e suíno com alunos de medicina. Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, São Paulo, 2019.

OLIVEIRA, S. J. Inserção da medicina veterinária na história do brasil. Revista Veterinária em Foco, v.16, n.1, 2018

REIS, D. A. L. Avaliação comparativa dos detalhes anatômicos dos ossos do membro torácico do equino e de seus biomodelos produzidos por digitalização e impressão 3d. 59 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, 2018.

SANTOS, K. A. S. A.; SCHEMIGUEL, K.; JUSTUS, J. F. C. Utilização de tecnologias de informação e comunicação (tics) no ensino e aprendizagem de anatomia humana. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 5, n. 11, p. 25172-25176, 2019.

TUDURY, E. A.; POTIER, G. M. A.; FERNANDES, T. H. T. Métodos alternativos para aprendizado prático da disciplina técnica cirúrgica veterinária. Ciência Veterinária nos Trópicos, v. 11, suplemento 1, p. 92-95, 2008.

VIEIRA, K. M.; DALMORO, M. Dilemas na construção de Escalas Tipo Likert: o número de itens e a disposição influenciam nos resultados?. Revista Gestão Organizacional, v. 6, ed. Especial, 2013.

Published

2020-08-13

How to Cite

Cunha, G. L., Firmino, F. P., Silva, D. R. S., Maciel, J. E. M., Santo, E. F. do E., & Souza, A. N. A. de. (2020). Análise comparativa das estratégias utilizadas no aprendizado de anatomia animal / Comparative analysis of the strategies used in learning animal anatomy. Brazilian Journal of Development, 6(8), 56295–56302. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-153

Issue

Section

Original Papers