Análise das formas de contaminação e contaminação cruzada pelos vírus herpes Tipo 1 e Tipo 2: uma revisão da literatura / Analysis of the forms of contamination and crossed contamination by Type 1 and Type 2 herpes viruses: a review of the literature

Authors

  • Rhuann Pontes Ivo
  • Jobson Josimar Marques Teixeira
  • Thamyres Fernanda M. Pedrosa Souza

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-131

Keywords:

Herpes simples, HSV-1, HSV-2, Contaminação por herpes simples.

Abstract

O vírus do herpes simples (HSV), representado pelos tipos HSV-1 e HSV-2, propicia uma infecção viral que provoca irregularidades a pele, caracterizadas por pequenas lesões encontradas nas regiões labiais ou genitais. O HSV-1 geralmente acomete as áreas labiais e faciais e o HSV-2 é mais comum nas regiões genitais, entretanto, com a disseminação da prática do sexo oral, houve um relativo aumento de número de casos de HSV-2 nas localidades labiais e HSV-1 nas genitais, com base nisto, objetivou-se analisar as formas de contaminação do HSV tipos 1 e 2, e verificar a presença da contaminação cruzada descritas na literatura nacional e internacional. Trata-se de um estudo retrospectivo, transversal e descritivo acerca das infecções por HSV, com seleção de 21 artigos publicado nos últimos 20 anos nas bases de dados da Scielo, PubMed e LILACS. Os resultados apresentam ao menos 1 estudo para cada tipo de contaminação: cruzada, neonatal e assintomática ocorrida por HSV-1 e HSV-2, as quais afetam as regiões oral, facial, genital e perianal, além de relatar forma diagnóstica, meios de contaminação e comportamento do vírus no organismo. A transmissão do vírus não se delimita apenas ao ato sexual e sim a qualquer contato entre região contaminada e sadia propenso ao seu desenvolvimento, o que permite a contaminação cruzada entre o HSV-1 e HSV-2.

References

ABBAS, A.K; LICHTMAN, A.W. Imunologia Celular e Molecular. Tradução da 5a ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2003.

AZULAY, R.D. Dermatologia. 3a ed. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara-Koogan, 2004.

ARDUINO, PAOLO GIACOMO; PORTER, S. R. Oral and perioral herpes simplex virus type 1 (HSV?1) infection: review of its management. Oral diseases, v. 12, n. 3, p. 254-270, 2006.

BRASIL. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais. Pesquisa de conhecimentos, atitudes e práticas na população brasileira (PCAP) [Internet] 2016. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2016/pesquisa-de-conhecimentos-atitudes-e-praticas-na-populacao-brasileira-pcap-2013. [acesso em: 21 de mai 2020].

CONSOLARO, Alberto; CONSOLARO, Maria Fernanda MO. Diagnóstico e tratamento do herpes simples recorrente peribucal e intrabucal na prática ortodôntica. Revista Dental Press de Ortodontia e Ortopedia Facial, v. 14, n. 3, p. 16-24, 2009.

CONTI, C.; MALACRINO, C.; MASTROMARINO, P. Inhibition of herpes simplex virus type 2 by vaginal lactobacilli. J Physiol Pharmacol, v. 60, n. Suppl 6, p. 19-26, 2009.

CLEMENS, Sue Ann Costa; FARHAT, Calil Kairalla. Soroprevalência de anticorpos contra vírus herpes simples 1-2 no Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 44, p. 726-734, 2010.

ENGELBERG, Rebecca et al. Natural history of genital herpes simplex virus type 1 infection. Sexually transmitted diseases, v. 30, n. 2, p. 174-177, 2003.

FATAHZADEH, Mahnaz; SCHWARTZ, Robert A. Human herpes simplex virus infections: epidemiology, pathogenesis, symptomatology, diagnosis, and management. Journal of the American Academy of Dermatology, v. 57, n. 5, p. 737-763, 2007.

GELLER, Mauro et al. Herpes simples: atualização clínica, epidemiológica e terapêutica. Jornal Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis, v. 24, n. 4, p. 260-266, 2012.

HON, K. L. et al. Neonatal herpes: what lessons to learn. Hong Kong Med J, v. 18, n. 1, p. 60-2, 2012.

KIM, Il Dong; CHANG, Ho Sun; HWANG, Kyung Jin. Herpes simplex virus 2 infection rate and necessity of screening during pregnancy: a clinical and seroepidemiologic study. Yonsei medical journal, v. 53, n. 2, p. 401-407, 2012.

MERTZ, Gregory J.; ROSENTHAL, Susan L.; STANBERRY, Lawrence R. Is herpes simplex virus type 1 (HSV-1) now more common than HSV-2 in first episodes of genital herpes?. Sexually transmitted diseases, v. 30, n. 10, p. 801-802, 2003.

PASSOS, MAURO ROMERO LEAL. Nosso compromisso e sua participação. Jornal Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis, v. 14, n. 3, 2002.

PASCHOINI, Marina Carvalho et al. Seroprevalence evaluation of herpes simplex virus 1 and 2 among pregnant women. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v. 23, n. 1, p. 15-20, 2001.

PENELLO, Angelo M. et al. Herpes genital. J Bras Doenças Sex Transm, v. 22, n. 2, p. 64-72, 2010.

RÁCK, M.L. Herpervirus. In: Trabulsi LR, Altherthum, F, editores. Microbiologia. 5a ed. São Paulo: Atheneu. 2008.

SIMMONS, Anthony. Clinical manifestations and treatment considerations of herpes simplex virus infection. The Journal of infectious diseases, v. 186, n. Supplement_1, p. S71-S77, 2002.

SMITH, Jennifer S.; ROBINSON, N. Jamie. Age-specific prevalence of infection with herpes simplex virus types 2 and 1: a global review. The Journal of infectious diseases, v. 186, n. Supplement_1, p. S3-S28, 2002.

WHITLEY, R. J; ROIZMAN, B. Herpes simplex virus infections. Lancet. 2001; 357(9267): 1513-1518. PubMed PMID: 11377626.

WOO, Sook-Bin; CHALLACOMBE, Stephen J. Management of recurrent oral herpes simplex infections. Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology, and Endodontology, v. 103, p. S12. e1-S12. e18, 2007.

Published

2020-08-12

How to Cite

Ivo, R. P., Teixeira, J. J. M., & Souza, T. F. M. P. (2020). Análise das formas de contaminação e contaminação cruzada pelos vírus herpes Tipo 1 e Tipo 2: uma revisão da literatura / Analysis of the forms of contamination and crossed contamination by Type 1 and Type 2 herpes viruses: a review of the literature. Brazilian Journal of Development, 6(8), 55988–55997. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-131

Issue

Section

Original Papers