Tecnologias digitais na educação superior: reflexões acerca da disciplina de cálculo diferencial e integral i / digitals technologies in higher education: reflections about the differential and integral calculation discipline i

Authors

  • Guilherme Mendes Tomaz dos Santos
  • Júlio Paulo Cabral dos Reis
  • Marcos Manoel da Silva

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-078

Keywords:

Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação, Cálculo Diferencial e Integral I, Ensino-Aprendizagem.

Abstract

Com o avanço tecnológico, a utilização das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC’s) tornou-se uma importante ferramenta para potencializar a aprendizagem em sala de aula, se usada corretamente. Deste modo, este artigo teve por objetivo analisar as pesquisas que utilizaram as TDIC’s efetivamente em sala de aula, como recurso didático, e não somente como fruto de pesquisa e/ou sugestão de utilização nos eventos Congresso Internacional de Educação Matemática (CIEM), Encontro Nacional de Educação Matemática (ENEM) e Encontro Mineiro de Educação Matemática (EMEM) no período 2008-2018.A metodologia utilizada foi de cunho qualitativo, com objetivo exploratório e tendo o estado da arte como procedimento técnico. O corpus analítico-investigativo final do trabalho, a partir da seleção nos anais dos respectivos eventos, consistiu em quatro produções, pautados sob o eixo temático “Tecnologia”. A técnica de análise dos dados utilizada foi a análise de conteúdo. Revelou-se aqui quais temáticas que recorreram a utilização das TDIC’s e quais são as TDIC’s utilizadas, bem como a escassez das produções acerca desta temática investigativa. Como principais achados da pesquisa, observou-se a falta de produções científicas que abordem as TDIC’s em conteúdos de Cálculo Diferencial e Integral I como ferramenta didático-pedagógica acompanhadas de resultados efetivos do potencial que elas podem melhorar o processo de ensino-aprendizagem.

References

BARBOSA, Marcos Antonio. O insucesso no ensino e aprendizagem na disciplina de Cálculo Diferencial e Integral. 102 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Curitiba, 2004.

BARBOSA, S. M. Tecnologias da informação e comunicação, função composta e regra da cadeia. 2009. 196f. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual Paulista, São Paulo.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1994.

BARUFI, Maria Cristina Bonomi. A construção/negociação de significados no curso inicial de Cálculo Diferencial e Integral. 195 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo. São Paulo, 1999.

BORBA, Marcelo de Carvalho; PENTEADO, Miriam Godoy. Informática na Educação Matemática. Autêntica. Belo Horizonte. 2001.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes curriculares para os cursos de graduação em engenharia. Brasília, 2001a. Disponível em: <http://portal.mec .gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12991> Acesso em: 15 de abril de 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes curriculares para os cursos de graduação em Matemática, Graduação e Bacharelado. Brasília, 2001b. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id= 12991> Acesso em: 15 de abril de 2018.

CUNHA, Maria Isabel. A qualidade e ensino de graduação e o complexo exercício de propor indicadores: é possível obter avanços?. Avaliação (Unicamp), v. 19, p. 789-802, 2014.

FIORENTINI, Daria; LORENZATO, Sérgio. Investigação em Educação Matemática: percursos teóricos e metodológicos. Campinas: Autores Associados, 2006.

LAUDARES, João Bosco. LACHINI, Jonas. O uso do computador no ensino de Matemática na Graduação. In: LAUDARES, João B. LACHINI, Jonas. (Org.). A prática educativa sob o olhar de professores de cálculo. Belo Horizonte, MG. Ed. Fumarc, 2001, p.68-88.

MASETTO, Marcos Tarcísio. Desafios para a docência universitária na contemporaneidade: professor e aluno em inter-ação adulta. São Paulo: Avercamp, 2015.

MIRANDA, Anderson Melhor. As tecnologias da informação no estudo de Cálculo na perspectiva da aprendizagem significativa. 2010. 152f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto.

MOROSINI, Marília Costa. Qualidade da educação superior e contextos emergentes. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 19, n. 2, p. 385-405, jul. 2014.

PEREIRA, Danilo Moura. SILVA, Gislene Santos. As tecnologias de Informação e Comunicação (TDIC’s) como aliadas para o desenvolvimento. Caderno de Ciências Sociais Aplicadas. Vitória da Conquista. BA. N. 10. 151-174. 2010.

SANTOS, Guilherme Mendes Tomaz dos. O comprometimento do estudante e a aprendizagem em Cálculo Diferencial e Integral I. 217 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Educação) - Centro Universitário La Salle, Canoas, 2014.

Published

2020-08-10

How to Cite

Santos, G. M. T. dos, Reis, J. P. C. dos, & Silva, M. M. da. (2020). Tecnologias digitais na educação superior: reflexões acerca da disciplina de cálculo diferencial e integral i / digitals technologies in higher education: reflections about the differential and integral calculation discipline i. Brazilian Journal of Development, 6(8), 55191–55201. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-078

Issue

Section

Original Papers