Identificação de patologias em pontes de concreto armado

Authors

  • Bárbara Caiani de Lima Magalhães
  • Deckson Lacerda de Sousa Costa
  • Eduardo Campos Barbosa
  • Fabíola Helem da Silva Carvalho
  • Jorge Luiz Oliveira Silva
  • José Vitor Reis Sucupira
  • Milena Moura Reinaldo
  • Samuel de Sousa Conceição
  • Adrya Brunoro
  • Gabriel Cirqueira dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.34115/basrv8n1-010

Keywords:

pontes, patologias, concreto

Abstract

Pontes de concreto armado desempenham um papel vital na infraestrutura das cidades, garantindo o fluxo seguro de pessoas e veículos. No entanto, ao longo do tempo, essas estruturas estão sujeitas a várias formas de degradação devido a fatores ambientais, uso intenso e falta de manutenção adequada. Este estudo tem como objetivo apresentar uma revisão sobre as principais patologias que afetam pontes de concreto armado. Dentre as patologias comuns estão a corrosão das armaduras, fissuras, desplacamento do concreto, entre outras. Cada uma dessas condições pode comprometer a integridade estrutural da ponte, levando a riscos de colapso e aumentando os custos de manutenção. Posto isso, como metodologia adotou-se a pesquisa bibliográfica qualitativa, de modo que, com as análises críticas e a construção de argumentos teóricos o estudo resultou em argumentos essenciais para planejar, prevê e solucionar possíveis patologias nas pontes e estruturas de concreto em geral.

References

ASSIS, E. M.; LIMA, A. J. Patologias em concreto armado: Estudo de caso em pontes da região metropolitana de Salvador- BA. 2022.

CARDOSO, M. A. N. Metodologia de avaliação da segurança estrutural de pontes de concreto armado. 2022. 383 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2022.

CAVALCANTE, G. H. F. Pontes em concreto armado: análise e dimensionamento. Editora Blucher, 2019.

CAVET, D. G.; RODRIGUES, G. L.; JASINSKI, M. E. F.; NETTO, S. C. Análise de segurança e durabilidade em viadutos por meio de vistorias. Estudo de caso do viaduto colorado, Curitiba-PR. Curitiba, 2010. Trabalho de Conclusão de Pós-graduação lato sensu - Instituto IDD.

COSTA, J. A.; SOUSA, P. M. L. G.; MACHADO, V. S.; DUARTE, F. R. L.; SILVA, H. C.; OLIVEIRA, M. R. S.; CARVALHO, V. B.; TEIXEIRA, F. L.; GOMES, R. S. Técnicas alternativas de correção de manifestação patológicas na ponte Dom Affonso Felippe Gregory. Brazillian Applied Sciense Review. Açailândia, 2023.

DEBS, M. K.; TAKEYA, T. Pontes de Concreto. São Carlos, USP – Universidade de São Paulo, 2003. Notas de aula.

DNIT. Manual de recuperação de pontes e viadutos rodoviários. Rio de Janeiro: IPR. Publ., 744, 2010. 159 pág.

JONES, S., MARTYS, N., LU, Y., et al., “Estudos de simulação de métodos para retardar a corrosão e aumentar a vida útil de concreto fissurado exposto a cloretos”, Cement and Concrete Composites, v. 59–69, 2015.

LOURENÇO, L. C. Análise de patologias em estruturas de pontes metálicas, de concreto armado e protendido em ecossistemas fechados. Doutorado em Engenharia Civil. Instituição de Ensino: Universidade Federal Fluminense. Rio de Janeiro, 2016.

MASCARENHAS, F. J. R. et al. Patologias e inspeção de pontes em concreto armado: Estudo de caso da ponte Governador Magalhães Pinto. Engevista, v. 21, n. 2, p. 288-302, 2019.

MULLER, R. Critérios para o planejamento e execução de recuperações estruturais em pontes e viadutos rodoviários no Estado do Paraná. 2004. 135 f. Dissertação – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2004.

PINHEIRO, M. R. A. et al. Considerações a respeito das principais manifestações patológicas em pontes de concreto armado na cidade de Recife.3º Simpósio Paranaense de Patologia das Construções (3º SPPC), artigo 3SPPC1020, p. 220-232, 2018.

RAMALHO, F. C. Identificação as patologias na ponte de concreto armado situado no bairro da Pedra Velha no munícipio de Delmiro Gouveia- AL. Monografia. Universidade Federal de Alagoas. Delmiro Gouveia. Fevereiro 2017.

SARTORTI, A. L. Identificação de Patologias em Pontes de Vias Urbanas e Rurais no Município de Campinas-SP. Mestrado em Engenharia Civil. Instituição de Ensino: Universidade Estadual De Campinas. São Paulo, 2008.

SILVA, A. F. P.; BARROS, H. E. B.; FERREIRA, D. S.; NASCIMENTO, L. G.; LIMA, F. E. G.; BEZERRA, L. O. Patologias em estruturas de concreto armado: estudo de caso. Brazilian Journal of Development. Teresina, 2021.

SOUZA, P. Patologias em estruturas de concreto armado de pontes localizadas em minas gerais. [S. l.: s. n.], 2019.

TANG, L., NILSSON, L.O., BASHEER, P.A.M., Resistência do concreto à entrada de cloreto: Teste e modelagem Abingdon: Taylor e Francis, 2012.

VASCONCELOS, F. O. Análise das manifestações patológicas em pontes de concreto armado: estudo de caso. Delmiro Gouveia, 2018.

VASCONCELLOS, V. G. de; MOTA, C. Reforço de Fundações Diretas em Pontes de Concreto Armado. Boletim do Gerenciamento, [S.l.], v. 9, n. 9, p. 55-65, out. 2019. ISSN 2595-6531. Disponível em: <https://nppg.org.br/revistas/boletimdogerenciamento/article/view/250>. Acesso em: 27 fev. 2024.

ZAMODZKI, C.G. dos S.; BENETTI, H. A. P.; DIAS, G. L.; SABBI, V. Diagnóstico de manifestações patológicas para recuperação de ponte de concreto armado. Técnico-Científica. Setembro 2019.

Published

2024-03-14

How to Cite

Magalhães, B. C. de L., Costa, D. L. de S., Barbosa, E. C., Carvalho, F. H. da S., Silva, J. L. O., Sucupira, J. V. R., Reinaldo, M. M., Conceição, S. de S., Brunoro, A., & Santos, G. C. dos. (2024). Identificação de patologias em pontes de concreto armado. Brazilian Applied Science Review, 8(1), 179–194. https://doi.org/10.34115/basrv8n1-010

Issue

Section

Original articles